Tag Archives: rock progressivo

Introdução ao Rock Progressivo – Parte I

28 jul

Por Alessandro Martins (@sukitaaa)

A série “Introdução Ao Rock Progressivo”, tem o intuito de fazer os leitores do Som Que Provoca,  se interessarem mais pelo estilo. Em cada parte, postarei um álbum indispensável do gênero.

Apenas um aviso antes de iniciar : Nem perca o seu tempo baixando apenas 2, 3 musicas do álbum, já que a grande graça do progressivo, é o conteudo completo da obra.

O Rock Progressivo

Rock Progressivo. Uma descoberta musical que mudou completamente meus gostos, e minha maneira de analisar canções.

Suas principais marcas? A grande influência da música classica e do Jazz,  além de letras e melodias complexas, quebras de tempo e musicos virtuosos.
A primeira banda que me introduziu a este maravilhoso gênero musical, foi o Pink Floyd. Mesmo havendo controversias de que a banda seria mais puxada para a Psicodelia (o que de fato era, nos tempos de Syd Barrett) ela continua sendo o meu portal de entrada para o prog-rock.

Por onde vamos começar?

Como dito no primeiro parágrafo, colocarei um álbum indispensável por postagem, e darei início com um álbum da banda Genesis. Mas primeiro, vamos falar um pouco sobre a banda :

O Genesis é uma banda britânica formada em 1967 por Peter Gabriel (Vocalista), Tony Banks (Teclados) e Mark Rutherford (Baixo), Anthony Phillips (Guitarra) e John Silver na bateria. Em 1970, os dois últimos, foram substituídos por Steve Hackett e Phil Collins, respectivamente, completando a formação clássica da banda.

A banda Genesis

Peter Gabriel adotava um estilo teatral muito diferente para a época. O que mais chamava a atenção, eram as diversas fantasias vestidas por Gabriel, de acordo com a musica que a banda tocaria. Esses diferenciais
atrairam os holofotes de todo o mundo, para o Genesis, que se tornou uma das bandas de maior sucesso na história do Rock Progressivo.

O Album da Vez :

Selling England By The Pound (1973)



  1. “Dancing with the Moonlight Knight” – 8:02
  2. “I Know What I Like (In Your Wardrobe)” – 4:07
  3. “Firth of Fifth” – 9:35
  4. “More Fool Me” – 3:10
  5. “The Battle of Epping Forest” – 11:49
  6. “After the Ordeal” – 4:13
  7. “The Cinema Show” – 11:06
  8. “Aisle of Plenty” – 1:32

Não tenho nem palavras pra descrever esta obra prima. As melodias são incrivelmente bonitas e criativas. Mostra o poder das composições do Genesis, apesar de que para mim, o grande diferencial deste álbum em particular, são as teclas de Tony Banks.

Os principais hits são “The Cinema Show” e “Fifth of Fifth”, mas lembre-se da recomendação que dei no primeiro parágrafo : BAIXE O CD INTEIRO PORRA! Hehehehehe
Mesmo assim, deixarei um link do youtube para nossos queridos leitores conhecerem o que vão ouvir :


Bom, ja escrevi demais. E para finalizar esse post, digo: Para todo grande fã de boa  música, conhecer o Progressivo é indispensavel. As genialidades e maravilhas desse estilo não podem ser encontrados em nenhum outro.
Um grande abraço a todos.

Rush e Bon Jovi bombando em Sampa!

6 jul

 

A notícia de que as bandas Rush e Bon Jovi se apresentarão pelo nosso país, anda causando furor na internet; diversos sites e colunas digitais divulgaram que eles apareceriam, respectivamente nos dias 6 e 8 de outubro, no estádio do Morumbi, em São Paulo. Bom, é relevante dizer que o estopim para que a notícia se espalhasse tão rapidamente, colocando o nome da banda americana Bon Jovi no quarto lugar dos tópicos mais comentados do twitter (Brasil), foi o anúncio na coluna Mônica  Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, salientando a possível gama de shows em Sampa!!!

Bon Jovi é uma banda estadunidense que nasceu em 1983 na ‘velha’ Nova Jérsei, pra tocar seu hard rock pelas ruas. Pela banda passaram diversos guitarristas,c omo Dave “The Snake” Sabo, futuro membro do Skid Row, até que Richie Sambora se juntou ao grupo, após ter feito alguns testes para ser membro do KISS. A partir dessa década oitentina, a banda vem criando e fazendo seus sucessos, além de lucrar muito com essa brincadeirinha de Rock Star_ cerca de 120 milhões de discos vendidos em todo o mundo, além de ser a pioneira no MTV Unplugged ou Acústico MTV.

Agora, falando-se do Rush, quem nunca sintonizou seu ‘MPtantos’ na Kiss Fm e se deparou com um Tom Sawyer, Fly By Night ou mesmo Closer to the heart? Certamente é uma das bandas mais mensionadas e executadas na rádio. Este trio canadense de rock progressivo já passou por diversas formações, contudo nunca perdeu seu estilo em constante evolução musical desde sua criação em 1968 e o vocal inigualável de Geddy Lee.

Influenciando diversas bandas de renome como Metallica, The Smashing Pumpkins e Primus, bem como as bandas de metal progressivo como Dream Theater e Symphony X, Rush ganhou alguns Juno Awards, e foi introduzido ao Canadian Music Hall of Fame em 1994. Seus membros foram reconhecidos como sendo alguns dos mais eficientes em seus respectivos instrumentos, com cada um  ganhando vários prêmios em revistas. O grupo já levou pra casa vinte e quatro certificações de ouro e catorze de platina (3 multi-platina) registrados. Rush é o quarto colocado nas estatísticas de vendas de álbuns consecutivos de ouro ou platina por uma banda de rock, atrás de The Beatles, The Rolling Stones e Aerosmith. O grupo também se classifica na 78° de números de vendas nos E.U.A., com 25 milhões de unidades; tendo nas costas a devida proporção de aproximadamente 40 milhões de discos vendidos em todo o mundo_ feito extraordinário pra uma banda de rock progressivo, não acham? ^^

O estranho é que nem no site oficial do Bon Jovi, nem no site oficial do Rush encontra-se informações  sobre estes shows, nem datas, e muito menos locais de apresentação. Mesmo acabando de ver aqui na minha Tv (programa Metrópolis, TV Cultura), a confirmação dos shows e ver a apresentadora sorrir de felicidade, ainda assim é muito bom esperar que estas informações tornem-se oficiais, por isso segue  os links dos sites das bandas, pra quem quiser se manter a par e torcer por outubro, ou mesmo, como diria uma sábia banda: “Living on a Prayer!”

Rush

Bon Jovi