Tag Archives: Atitude

Som som som, cadê você?

18 nov

Com muitos passos, músicas, sinto falta daquele som, daquele Bad Religion pegando fogo no meu rádio, vivências de outro mundo na verdade, aquele ralado de skate na minha canela, aquela dor de cabeça de tantos bate cabeça, aquele suor em uma camisa de uma banda qualquer, mesmo com tudo isto quero postar aquele som aquela saudades, aquela nostalgia. Parece insano o modo que relembramos, mas o melhor é como vivenciamos isto.

Ou aquela briga na porta de um show, tendo aquela garrafa de vinho atravessando a discussão, aquele mendigo maluco dançando nas redondezas ou simplesmente aquele ato de insanidade naquela multidão negra de pensamentos e revoltada socialmente por algo que talvez fosse incomodo apenas para eles, sim isto é o som!

Atitudes clonadas de uma música distante

24 ago

Colocamos em uma estação qualquer, perdemos qualquer conceito critico muitas vezes o mute se tornou a solução, vivemos num mundo de influências ou de falta de criatividade musical.

Não vemos coisas inovadoras ou com a alma de uma música, por exemplo, de artistas como Cartola, Djavan e Adoniran Barbosa, cansamos qualquer mente que busca a diferença, sair da rotina de uma juventude cansada e com a overdose de músicas copiadas.

Para onde iremos?

Não sei, sinto saudades de achar algo novo, nossos ouvidos já se foram ou estão em um disco repetido naquela velha vitrola, talvez a esperança ainda exista, mas será que surgirá de uma alma atualizada ou aquela esquecida deste mundo de clones, aquela distante e com atitudes revolucionárias de mostrar a sua dura realidade.

Música para refletir é coisa do passado!

19 jul

Por Pee Fernandes (@pee_fernandes)



Sim, é isso mesmo que está no título, é incrível como hoje faltam músicas críticas que nos fazem pensar sobre a sociedade e sobre como vivemos, esse estilo de letra anda esquecido e até mesmo rumo a extinção.

Não digo isso sobre o contexto generalizado da música que existe nas rádios e sim da grande produtora de idéias e letras com conteúdo, a cena underground, não critico quem faz letras amorosas e tal, mas vejo a falta de conteúdo sobre o mundo que vivemos, será que esse tipo de letra não merece um espaço?

É triste ver como tudo se tornou algo tão carente e tão dependente de palavras bonitas e principalmente cego com o que está a nossa volta…